Sweet like a cocoa heart

“The Maya believed that cocoa held the power to unlock hidden yearnings and revealed destinies.”

(citação do filme “Chocolate”)

Se o cacau tem estes poderes que o filme refere não sei mas que a minha cozinha foi invadida por um cheiro maravilhoso de bolachas de cacau acabadas de fazer, isso tenho a certeza. Um cheiro irresistível e reconfortante que, nestes dias frios de Inverno, aquece o coração de qualquer um.

Bolachas de Cacau

Bolachas de Cacau

3 chávenas de farinha (usei 400 g)

1/2 colher de chá de sal fino

1/2 colher de chá de fermento

1 chávena de manteiga amolecida (usei 200 g)

1 chávena e 1/2 de açúcar em pó (usei 1 chávena)

2 ovos grandes

1 colher de chá de extracto de baunilha

2/3 de chávena de cacau

Misturar a farinha com o fermento e sal, reservar. 

Misturar a manteiga com o açúcar, ovos, baunilha e cacau com a ajuda da batedeira. Adicionar a mistura da farinha, um pouco de cada vez. Formar uma bola, envolver em plástico e refrigerar no mínimo 1 hora para endurecer.

Ligar o forno.

Estender a massa numa superfície enfarinhada, na espessura que preferir. Cortar a massa na forma desejada, limpar qualquer resto de farinha que tenha ficado com a ajuda de um pincel. Colocar as bolachas num papel vegetal, um pouco espaçadas entre si e levar a cozer por cerca de 8 a 11 minutos, ou até os bordos ficarem firmes e o centro ligeiramente fofo.

Deixar arrefecer numa rede de pastelaria.

Bon appétit!!

(receita retirada do site Smitten Kitchen)

Esparguete com legumes assados e atum

Noutra vida devo ter sido Italiana pois gosto de pasta em todas as formas e feitios. Acho que sou mesmo incapaz de me enjoar de a comer.

Podem-se fazer mil e uma combinações, tendo por limite apenas a imaginação de cada um: perfeito! A imaginação ditou e hoje para jantar pode ser esparguete com legumes assados e atum.

Massa com legumes

(receita para 4 pessoas)

1 couve coração pequena

6-8 cogumelos frescos (para saltear)

1/2 beringela grande

8 a 10 couves de bruxelas

1 lata de atum em água

2 dentes de alho ralados

azeite q.b.

sal q.b.

oregãos q.b.

Esparguete para 4 pessoas

Ligar o forno.

Começar por cortar a couve coração em juliana grossa, os cogumelos em fatias, a beringela aos cubos, as couves de bruxelas ao meio. Lavar todos os legumes e coloca-los num pirex para ir ao forno. Temperar com azeite, alhos ralados, sal e oregãos a gosto. Mexer com as mãos até ficar tudo bem envolvido. Levar ao forno, até começar a tostar mexendo a meio da cozedura, para assim tostarem por igual.

No entretanto, levar o esparguete a cozer.

Quando os legumes estiverem pronto, deite-os por cima do esparguete.

Bon appétit!!

Bolo de Leite de Coco

Bolo de leite de cocoEste bolo será para sempre conhecido como o “Bolo de 2 em 2 dias”, pois uma amiga minha ficou tão viciada nele enquanto amamentava que o fazia de 2 em 2 dias. É um bolo simples, pouco doce e bastante viciante, perfeito para um lanche com amigas 🙂 Caso não goste muito do sabor a leite de coco, não se preocupe que quase nem se nota.

Resta-lhe então fazer o bolo, pegar no telefone, convidar as suas amigas para um lanche e pôr a conversa em dia!

Bolo de Leite de Coco

350 g de farinha

300 g de açúcar (coloquei apenas 200g)

150g de manteiga à temperatura ambiente

4 ovos

2 gemas

1,5 dl de leite de coco

1 colher de chá de fermento

60 g de coco (como não tinha, não usei)

Ligar o forno.

Primeiro bate-se a manteiga com a açúcar até se obter um creme. Juntam-se os ovos inteiros e bate-se mais um pouco. Vão-se juntando as gemas uma a uma, sempre sem parar de bater. Depois adiciona-se a farinha, fermento, o coco e por fim o leite. Quando a massa começar a fazer bolinhas está pronta.

Untar uma forma de buraco com manteiga e farinha. Deitar a massa de bolo na forma e levar a cozer no forno por 30 minutos ou até fazer o teste o palito e ele sair limpo. (O truque deste bolo é não cozer em demasia, senão fica seco)

Bon appétit!!

DSC_0194

Invasão de Brigadeiros

Sim, é verdade. A minha cozinha foi tomada de assalto por este doce brasileiro, bem pequenino no tamanho mas com o poder de adoçar qualquer coração mais amargo.

Brigadeiro

Desde que acertei com a receita e o “ponto” do brigadeiro já não é a primeira vez que os faço, no entanto, desta vez a receita teve que ser a duplicar e tinha que estar perfeita pois o “provador” de serviço é exigente!! A primeira massa saiu bem, o mesmo não posso dizer da segunda. Não sei porquê mas qualquer coisa falhou. (Será que só me acontece a mim ficar mesmo desiludida quando um doce não me sai como eu quero, ao ponto de ter vontade de não o repetir? Espero que não.)

A senhora desilusão lá apareceu mas não teve outro remédio senão ir fazer uma visita a outra cozinha 🙂

Brigadeiros preparados, bem alinhados, é hora do ataque!!!

Brigadeiro

(rende cerca de 25-30, tamanho médio)

1 lata de leite condensado

1 pasta de chocolate

1 colher de sopa de manteiga

chocolate granulado (para decorar)

Numa panela deitar o leite condensado, a colher de sopa de manteiga e a pasta de chocolate partida aos bocados. Colocar a panela em lume brando, mexendo sempre. Mexe-se sem parar até a mistura ficar com uma aparência, espesso e consistente. Retirar do lume e deixar arrefecer.

No dia seguinte, untar as mãos com óleo e formar bolas pequenas. Passa-las pelo chocolate granulado e colocar em formas de papel.

Bon appétit!!