Coelho estufado com espargos cozidos e arroz

Toda a comida sendo preparada com tempo e temperada com amor é incapaz de sair mal. Penso que seja esta a principal razão para a comida “da mãe” ser sempre a melhor do mundo. Tudo é preparado com carinho, com muitos anos de experiência e truques, que não vêm escritos em lado nenhum, mas que vão sendo transmitidos de boca em boca, desde o tempo das nossas bisavós.

Uma das especialidades da minha mãe é o coelho estufado, cujo truque está na marinada. Deixo-vos a receita para experimentarem!

Coelho

Coelho estufado

1 coelho

vinho branco q.b.

2 folhas de louro

2 dentes de alho grandes

1 ramo de alecrim fresco

1 cebola grande

azeite q.b.

sal q.b.

A preparação começa no dia anterior, com a marinada. Coloca-se o coelho partido aos bocados numa bacia com vinho branco (de forma a o cobrir), folhas de louro, dentes de alho cortados ás rodelas, alecrim fresco. Deixa-se ficar assim até ao dia seguinte, tendo a atenção de o virar pelo menos uma vez.

Numa panela de pressão colocar 1 cebola grande cortada ás rodelas, azeite e o alho da marinada, liga-se o lume e deixa-se alourar a cebola. Adiciona-se apenas o coelho para lourar um bocado. Passados uns 4-5 minutos adiciona-se um pouco da marinada coada e acrescenta-se água até cobrir o coelho, tempera-se com sal. Fecha-se a panela de pressão e quando começar a apitar, marca-se 35 minutos no temporizador.

Depois deste tempo desliga-se o lume, abre-se a panela e vê-se se o coelho está mesmo cozido. Se ainda não estiver, coloca-se novamente ao lume, sem pressão, durante o tempo necessário para ficar pronto (normalmente o tempo que referi é suficiente, visto o coelho ser uma carne tenra).

Acompanhei o coelho com arroz branco e espargos cozidos mas também fica muito bem com puré.

Bon appétit!!!

Advertisements

Bola de Carne, qual a festa que não a tem?

Ainda não tinha encontrado uma receita de bola de carne que me agradasse até ter comido uma bola na casa da minha prima que era simplesmente deliciosa, claro que lhe tive que pedir a receita. Ontem deitei as mãos à obra e lá me atrevi a fazê-la sozinha. Penso que para navegante de primeira viagem, em termos de bolas, não me saí mal, por isso vou repeti-la com toda a certeza.

Bola de Carne

4 ovos
1 chávena almoçadeira de leite
1/2 chávena almoçadeira de óleo (não usei)
1/2 chávena almoçadeira de azeite (deitei 1 chávena)
3 chávenas almoçadeiras de farinha de trigo peneirada
2 colheres de fermento em pó
uma pitada de sal
pimenta (não deitei)
 
Recheio: presunto, fiambre de perú e queijo fatiado (a receita referia chouriço mas fica ao gosto de cada um)
 
Bater primeiro os ovos e depois adicionar os ingredientes seguindo a ordem da receita. Mexer sempre com uma colher de pau (no meu caso de plástico) até ficar uma massa homogénea.
Barrar um tabuleiro com manteiga e polvilhar com pão ralado.
Deitar uma camada de massa (será preciso espalhar com uma espátula porque a massa não fica muito líquida) e colocar uma camada de presunto, depois uma de queijo fatiado e no final uma de fiambre. Cobrir com a restante massa da bola.
Levar ao forno a 190ºC durante 20 a 30 minutos mas vigiar sempre. A parte de cima não pode ficar muito queimada, quando ela estiver clara mas cozida, desligar o forno e deixar a bola lá dentro por mais 5 minutos, até alourar.
 
Bon appetit!!!