Aletria, doce que rima com alegria

Espero que todos tenham tido um excelente Natal! O meu não podia ter sido melhor e vai com certeza ser recordado pois foi o primeiro do meu sobrinho de 10 meses.

Aqui no blog ainda se continua em espírito Natalício e por isso aqui apresento a receita que faltava, a de aletria 🙂Aletria

Pode ser um pouco mais “solta” ou um pouco mais “presa”, tudo vai depender da quantidade de leite utilizada. Sim, porque cá em casa, a receita de aletria é feita com leite, ao jeito da minha bisavó.

Coloca-se ao lume uma panela com 1L de leite meio gordo, uma casca de limão, dois paus de canela e 150 g de açúcar (pode levar um pouco mais, conforme o gosto de cada um). Deixa-se levantar fervura e depois deita-se a aletria, esmagada suavemente para os pedaços não ficarem demasiado pequenos. Deixa-se cozer um pouco.

Num prato deitam-se 3-4 gemas e mexe-se com um garfo, apenas para desfazer e juntar as gemas. Quanto a aletria estiver cozida retira-se do lume apenas para arrefecer um pouco. Juntam-se as gemas aos bocados, mexendo sempre para não talhar. Quando estiverem todas incorporadas volta-se a colocar a panela ao lume, apenas para cozer mais uns 2-3 minutos.

Deita-se uma travessa de servir para arrefecer completamente. Quando estiver fria decora-se ao gosto de cada um. Bon appetit!!!

Advertisements

Algarve e os seus Bolinhos de amêndoa

Na segunda-feira cheguei a casa e tinha um presente bem doce vindo directamente do Algarve:

Bolinhos de amêndoa!!!

Maçã, Pêra, Figo, Noz, Morango, Peixe, Limão, Cenoura… as formas são bem variadas e coloridas mas a base é sempre a mesma: amêndoa, recheada com ovos moles… deliciosos!!!

Não sei bem de onde vem este meu fascínio por doces com amêndoa mas desconfio que esteja relacionado com a minha “costela” transmontana, região famosa pelas suas amendoeiras, que ao florirem enchem as montanhas de um branco único.

A doçaria algarvia revela muito a passagem dos árabes pela região e ela não se limita apenas aos bolinhos de amêndoa. São também bastante típicos os Dom Rodrigo, Morgados, Morgadinhos, pasteis de batata doce entre outros doces tradicionais.

Bolinhos de amêndoa são sempre bem-vindos e eu agradeço á minha cunhada estas pequenas preciosidades 🙂 ela só me estraga!!!